A Fertilização in vitro (FIV) é um método moderno e eficaz de tratamento de infertilidade.

A essência do método é que a fertilização do óvulo e os estágios iniciais do desenvolvimento do embrião ocorram “in vitro”, em condições laboratoriais. O embriologista coloca o óvulo em contato com a amostra seminal do parceiro ou de um doador.

Às vezes, a Injeção Intracitoplasmática de Espermatozóides (ICSI) consiste na introdução de um único espermatozóide dentro do óvulo, com a ajuda de uma agulha.

Os óvulos fertilizados são cultivados em incubadoras especiais, em condições o mais próximas possível do natural. No 3º ou 5º/6º dia, o melhor embrião é transferido para a cavidade uterina.

Se necessário, imediatamente antes da transferência, o embriologista realiza a eclosão assistida da membrana que envolve o embrião. Os embriões restantes podem ser criopreservados e usados ​​para o nascimento do próximo filho, ou para um segundo procedimento.

Quando a Fertilização in vitro é usada?

Principais indicações para o procedimento:

  • Fator tubário

    Quando as trompas de falópio estão ausentes, há sua obstrução ou permeabilidade difícil, se não for possível engravidar dentro de um ano após a restauração cirúrgica da permeabilidade.

  • Infertilidade masculina

    Geralmente está associada a uma diminuição da qualidade dos espermatozóides. Azoospermia (não há espermatozóides no líquido seminal), oligospermia (diminuição do número de espermatozóides), astenospermia (diminuição da motilidade espermática), teratospermia (espermatozoides com a morfologia alterada ).

  • Infertilidade por falta de ovulação.

  • Infertilidade causada por endometriose.

  • Infertilidade sem causa aparente.

Fertilização in vitro

Como ocorre o processo da Fertilização in vitro (FIV)?

O processo consiste em várias etapas:

  • Estágio 1 - Preparação para FIV

    Para aumentar as chances de sucesso, são necessários vários óvulos, já que a mulher produz um óvulo (raramente dois) em cada ciclo menstrual. Para obter um número maior de óvulos, o profissional estimula com medicamentos hormonais, mas também é possível que o médico simplesmente espere o momento certo. O processo de estimulação hormonal é estritamente controlado por ultrassom. Após observado que o tamanho dos folículos esteja, começa a próxima etapa.

  • Etapa 2 - Punção do folículo

    Os óvulos - são recuperados por via transvaginal sob sedação e sob orientação de ultrassom.

  • Etapa 3 - Fertilização in vitro

    cultivo e transferência do embrião para a cavidade uterina.

Como se preparar para a FIV?

A Fertilização in vitro é estressante para o corpo e possui uma carga psicológica significativa. Para que a FIV seja o mais bem-sucedida possível, recomenda-se que os parceiros participantes deste programa passem por uma série de atividades preparatórias. Essa preparação pode aumentar significativamente as chances de um resultado bem-sucedido e reduzir o custo geral do procedimento.

O médico informará sobre a lista completa de exames na consulta.

Qual a eficácia da Fertilização in vitro?

A Fertilização in vitro não é 100%, mas ainda possui alta eficiência. As chances de sucesso – depende da idade e da saúde da mulher, das causas da infertilidade, de quão conscientemente o casal segue as recomendações do médico na fase de preparação e realização do procedimento.

Quanto custa o processo de Fertilização in vitro?

As maiores dúvidas em relação ao valor desse procedimento são: “Quanto custa a FIV em BH?” e “Qual o valor de uma Fertilização in vitro?”.

A resposta para essas duas perguntas está em uma palavra: Depende.

O processo é particular e conta com uma série de fatos para determinar qual o melhor caminho a ser seguido. Isso influencia no valor final a ser pago.

Rolar para cima